27.2 C
Nova Iorque
13 de julho de 2024
A00 - B99

O que são Outras doenças virais?

O que são Outras doenças virais?

‍ As doenças virais são formas de infecção causadas por ⁤patógenos que⁤ se espalham através‌ de partículas virais. ​Muitas vezes, ‌quando pensamos em doenças ⁢virais, imediatamente nos⁣ vêm à mente nomes conhecidos, como o da‌ gripe ou da dengue. ⁣No⁣ entanto, existe uma miríade de outras⁢ doenças virais ​que podem afetar os seres‍ humanos e causar ​uma série ‍de sintomas⁢ e complicações. Neste artigo, exploraremos o ‌que são essas outras doenças virais,⁤ suas características e a importância de⁢ conhecê-las para uma⁣ melhor prevenção ⁢e tratamento.

Tópicos

Definição e características das ​outras​ doenças virais

Definição de outras⁣ doenças⁣ virais:
Outras doenças virais são doenças ⁢causadas‍ por vírus diferentes dos mais conhecidos, ⁢como ‍a ‍gripe ⁣ou a dengue. ⁣Esses vírus podem afetar diferentes órgãos ​e sistemas ‍do corpo, resultando em⁤ uma ampla variedade de sintomas e complicações. Algumas das outras doenças virais mais comuns ‌incluem ‍a herpes,⁤ a hepatite‌ C,⁤ o sarampo, ⁣a‌ rubéola e o ⁣ebola, entre outras.

Características das outras doenças virais:
As outras ‌doenças‌ virais ⁢apresentam características únicas que variam de acordo com o tipo de vírus envolvido. Por exemplo,‌ a herpes é caracterizada por lesões na pele e⁣ nas mucosas, enquanto ​a hepatite C causa inflamação ⁢no fígado. Já o sarampo e a rubéola provocam erupções cutâneas e sintomas semelhantes aos da gripe. Por ⁢sua vez, o ebola é ⁢uma ‌doença altamente⁢ contagiosa e grave, que pode levar à‍ morte.

Transmissão das outras doenças virais:
A transmissão das outras doenças virais ocorre de diferentes maneiras, dependendo ⁣do vírus em questão. Alguns são‍ transmitidos​ por meio do contato direto‍ com fluídos corporais infectados,⁤ como‌ sangue, saliva ou sêmen. Outros ‌são transmitidos por⁣ gotículas ​respiratórias expelidas por uma ‌pessoa infectada ao tossir, espirrar⁤ ou falar. Além disso, algumas outras doenças virais podem ser ⁢transmitidas por vetores, como mosquitos ou carrapatos.

Sintomas das outras doenças virais:
Os sintomas das outras doenças virais variam amplamente e podem incluir febre, dores no ⁢corpo, ​fadiga, erupções cutâneas, dor de cabeça, tosse, falta de ‌ar,‍ vômitos, ⁤diarreia, entre outros. No entanto, ‍é⁢ importante destacar ‌que nem todas⁣ as pessoas infectadas apresentam​ sintomas, ‍o que pode dificultar o diagnóstico precoce e aumentar a disseminação dessas doenças.

Prevenção e tratamento das outras doenças virais:
A prevenção das⁣ outras doenças‍ virais geralmente envolve medidas‌ como vacinação, uso ⁣de preservativos durante o sexo, higiene adequada das mãos, ​evitar o ⁢compartilhamento de ‌agulhas e seringas e proteger-se contra⁢ picadas de mosquitos​ e carrapatos. ​O tratamento ⁢varia de acordo com a doença⁤ e ⁢pode incluir ​repouso, medicamentos antivirais, analgésicos ‌para ⁤alívio dos sintomas e cuidados de suporte, conforme necessário.

É fundamental ressaltar a importância de⁤ buscar ‍orientação médica‍ em casos ​suspeitos de outras doenças⁤ virais, a fim de obter um diagnóstico​ adequado​ e receber o ​tratamento necessário. O autocuidado, como a adoção⁣ de hábitos saudáveis ​​e respeito ​às medidas de prevenção, também desempenha ⁤um papel fundamental na redução do⁢ risco‍ de contrair essas doenças virais e na proteção da saúde de si‍ mesmo e ⁢dos outros.

Principais doenças virais⁣ além⁢ do COVID-19: uma visão ‍geral

As‍ doenças ‍virais ‌são⁤ causadas por ⁣diferentes ⁣tipos de vírus que invadem o organismo humano. Embora⁢ o COVID-19 tenha se tornando uma pandemia global e a ⁢doença viral mais discutida atualmente,​ existem várias outras doenças virais ⁢que merecem atenção. Neste ⁣artigo, iremos abordar‌ algumas das principais doenças virais além do COVID-19 ​e fornecer uma⁤ visão ⁤geral sobre ‌cada uma ​delas.

1.⁤ Influenza (gripe)

A gripe, também conhecida como influenza, é uma ⁢doença respiratória aguda ​causada‍ pelos vírus influenza ⁤A, B ou C.⁣ Ela é ‌altamente contagiosa e pode levar⁣ a complicações graves, especialmente em grupos de risco, como idosos ‌e indivíduos com doenças⁤ crônicas. Os sintomas da gripe⁣ incluem febre, tosse, ⁣dor⁢ de garganta, congestionamento​ nasal e dores musculares.

2. ‌Zika vírus

O vírus Zika⁣ é ⁣transmitido ​principalmente ​pela picada do mosquito Aedes⁢ Aegypti, o ⁢mesmo vetor responsável ‌por⁢ transmitir a dengue⁣ e a ⁤febre chikungunya. Embora ⁤os ​casos de Zika vírus tenham diminuído nos últimos anos, ⁤essa ​doença ainda ⁣representa um risco para mulheres grávidas, uma ⁣vez que‌ pode‌ causar‌ malformações congênitas‍ em ⁤fetos. Os sintomas⁢ incluem febre‌ leve, dor nas articulações, erupção cutânea e conjuntivite.

3. Hepatite viral

A hepatite viral ⁢é uma inflamação do fígado‌ causada ⁢por⁤ diferentes ​vírus, como os da hepatite A,‌ B, C,​ D e E. Esses vírus são transmitidos ⁣por meio do contato com sangue⁢ contaminado,⁣ relações sexuais desprotegidas, compartilhamento ⁤de agulhas ou de mãe para filho durante o parto. Os sintomas variam de acordo com a‍ forma da hepatite, mas incluem ‍fadiga, icterícia, dor⁣ abdominal e náuseas.

4. Dengue

A dengue é uma doença ⁢viral ⁤transmitida pelo mosquito Aedes Aegypti. Ela é endêmica em várias regiões tropicais ‌e subtropicais ⁢do mundo. Os sintomas da dengue​ incluem febre alta, dores musculares, dor⁤ atrás dos olhos, ⁢fadiga, náuseas⁣ e manchas na pele. Em​ casos mais graves,⁣ a ‍dengue pode ​evoluir para a dengue grave, conhecida como febre hemorrágica, que ⁣pode ⁣ser fatal.

5. Ebola

O vírus Ebola​ é​ uma doença viral grave e altamente contagiosa que ‍pode levar a uma alta taxa de mortalidade, variando de 25% a‌ 90%. Ela é transmitida por meio do contato⁢ direto ⁤com sangue,⁤ secreções, órgãos ou⁣ fluidos⁤ corporais de⁤ pessoas ou animais infectados. Os sintomas incluem febre, fraqueza⁢ intensa, dores musculares, dor⁢ de cabeça ⁢e hemorragia.

Transmissão e prevenção de outras⁤ doenças virais

As​ outras doenças⁣ virais são um grupo ⁣de doenças causadas por vírus diferentes dos que causam o ​COVID-19. ⁣Embora grande parte do ⁣mundo esteja focada na ​pandemia atual,‍ é importante⁤ lembrar que existem outras doenças virais que ‌também precisam de atenção e‍ medidas ⁣de prevenção.

A transmissão ⁢dessas doenças virais pode ocorrer de⁣ diferentes formas,⁤ dependendo do vírus ‍em questão. Alguns vírus são transmitidos pelo ⁢contato direto com fluidos‍ corporais, como saliva⁣ ou ⁤sangue, ‌enquanto‌ outros ⁣podem ser transmitidos pelo ⁤ar, por meio⁤ de ‍gotículas ⁣respiratórias suspensas no​ ar.

Para prevenir a transmissão de outras​ doenças virais, é essencial adotar medidas‍ adequadas de higiene pessoal, como lavar as ⁣mãos com frequência com água ​e sabão por pelo ⁤menos​ 20 segundos. ⁢O⁣ uso de desinfetante para ⁤as mãos‌ à base de álcool também‍ pode ser uma​ opção quando a lavagem das ⁣mãos não é‍ possível.

O uso ⁣de máscaras faciais pode ser⁣ eficaz na prevenção‍ da transmissão de ⁣algumas doenças virais, especialmente aquelas que são transmitidas pelo ar. É importante usar uma ‌máscara que cubra o nariz e ⁤a‍ boca completamente e​ substituí-la regularmente. Manter distância‌ física de pelo menos um metro de outras pessoas também ‍pode​ reduzir o risco de transmissão.

Além disso,⁤ vacinar-se contra doenças virais é fundamental para prevenir a ‌disseminação ⁢dessas enfermidades. As ‍vacinas são uma forma comprovada e eficaz de proteger a população​ contra‌ vírus específicos. É⁢ essencial seguir o calendário de vacinação recomendado pelas autoridades de ‌saúde para garantir a proteção adequada.

Sintomas e ⁤tratamento das doenças virais

As ​doenças virais referem-se⁤ a‍ uma variedade ​de condições ​causadas por vírus que afetam o corpo humano. Embora o termo⁤ seja frequentemente associado a​ infecções respiratórias, como a gripe, há uma série de outras doenças virais ⁢que podem afetar diferentes partes do corpo.​ Essas‍ condições podem variar ⁣em gravidade e​ sintomatologia, sendo ⁤importante ‍compreender seus sinais e buscar o tratamento adequado.

Um exemplo de doença viral​ comum é‌ o herpes, uma infecção⁣ transmitida através⁤ do contato direto com uma pessoa infectada que apresenta ⁤lesões na pele ou nas mucosas.⁤ O herpes pode se ⁢manifestar‍ como ‍feridas dolorosas‍ e recorrentes, principalmente nos lábios, genitais e região anal. Embora⁢ não haja cura para o herpes, o​ tratamento visa aliviar os sintomas e ⁤prevenir ‌recorrências. O‍ uso de medicamentos antivirais, pomadas tópicas e ⁤a adoção de práticas de higiene adequadas podem ajudar a controlar ‌a doença.

Outra doença viral⁣ conhecida é a hepatite, que afeta‌ principalmente ⁤o fígado. Existem diferentes ⁢tipos de hepatite viral,‌ como a hepatite A, B, C, D e E, cada uma causada por⁤ um⁢ vírus específico. Os sintomas da hepatite incluem ‍fadiga, perda ‌de apetite, dores‍ musculares, ‍náuseas e icterícia (coloração amarelada⁤ da pele e dos olhos). ⁢O tratamento para ⁤a hepatite viral ‍pode variar de⁣ acordo‍ com‌ o tipo⁢ e a gravidade da doença, mas geralmente envolve repouso, alimentação​ balanceada⁤ e, em alguns casos, medicamentos ⁤antivirais.

A dengue é outra doença viral transmitida pela picada ⁢do mosquito Aedes aegypti infectado. Ela é ‍mais comum​ em regiões⁢ tropicais‌ e⁤ subtropicais,‌ e seus⁢ sintomas incluem febre​ alta, dores de cabeça intensas, dores musculares ⁣e nas articulações, além de erupções cutâneas. Em casos graves, a ‌dengue pode levar ‌a‌ complicações como a ‌dengue hemorrágica, que pode ser fatal. Não ⁣há tratamento ⁢específico para a dengue, portanto, o foco⁢ está em aliviar os sintomas e prevenir⁣ complicações por meio ‍de hidratação adequada, repouso e medicamentos para reduzir ​a febre e a‌ dor.

A meningite viral é uma​ infecção que⁣ afeta o sistema ‌nervoso central, especificamente as meninges, que são as ‍membranas que revestem o cérebro e⁤ a ⁣medula espinhal. É geralmente⁢ causada por diferentes tipos de vírus, como o⁤ enterovírus e‍ o herpesvírus. Os sintomas da meningite viral⁤ incluem febre, dor de cabeça intensa, rigidez do pescoço, náuseas e vômitos. O⁤ tratamento busca ​controlar os sintomas, promover repouso ‍e hidratação, além de antivirais em casos graves.

Por fim, é importante ressaltar que ⁢o ⁣diagnóstico e tratamento das doenças virais devem ser realizados por profissionais de ‌saúde qualificados. Ao apresentar ​quaisquer sintomas suspeitos⁣ ou preocupantes, busque auxílio⁢ médico para que uma avaliação precisa e o tratamento apropriado‌ possam ser feitos. Além disso,‍ adotar medidas​ de prevenção,⁤ como a⁤ vacinação, a higiene adequada das ⁤mãos e o⁤ uso​ de ⁣repelentes, ⁢pode ajudar a reduzir o risco de ‌infecção viral.

Impacto das outras doenças virais na saúde pública

As doenças virais⁣ são ⁤causadas por vírus ⁢que invadem⁢ nosso organismo e​ causam ​sintomas e complicações específicas. Embora muitas vezes ouçamos falar sobre doenças virais ⁣como a gripe ou a dengue, existem outras‌ doenças virais que ⁢também representam um impacto significativo na saúde pública. Essas doenças, embora não⁣ tão ‌conhecidas, podem ter consequências graves e devem ser levadas a sério.

1. Febre do Nilo Ocidental: Essa doença viral transmitida por mosquitos‌ pode causar sintomas leves, como febre e fraqueza, mas⁢ também pode levar a complicações graves, como encefalite (inflamação do cérebro). A doença pode ter‍ impacto na saúde⁣ pública, pois pode​ se ⁤espalhar rapidamente ⁣através dos mosquitos infectados, afetando várias​ pessoas em uma⁢ determinada área.

2. Hepatite C: Essa doença viral afeta principalmente o ⁣fígado e pode levar à cirrose⁤ e ao‌ câncer de fígado.⁢ A hepatite C geralmente é transmitida por⁢ meio do contato⁢ com sangue infectado, como o compartilhamento de​ agulhas durante o uso de drogas injetáveis. Embora existam tratamentos disponíveis, a hepatite C ainda representa um ⁢desafio para a saúde⁤ pública, devido ao⁤ seu potencial ⁣impacto na qualidade de ⁣vida e nas ⁢finanças dos‍ pacientes.

3. Vírus sincicial ⁤respiratório (VSR): ‌Esse vírus é uma ⁣causa⁣ comum ⁢de infecções respiratórias, especialmente ⁤em bebês ‌e crianças. O VSR pode levar a ​complicações graves, como⁤ pneumonia e bronquiolite, e pode sobrecarregar ⁢os ⁣sistemas de ‌saúde durante os picos sazonais. ⁢A prevenção⁢ da ⁣infecção‍ pelo ⁣VSR é essencial‌ para​ evitar o ⁤impacto na saúde pública,⁣ e ⁤medidas como a lavagem adequada‌ das mãos ‌e ​o distanciamento social durante surtos ​podem ser⁤ eficazes​ para limitar a disseminação.

4. ⁣Rotavírus: O⁢ rotavírus é uma causa comum de diarreia ⁤grave em crianças, ​podendo levar⁣ a ⁤desidratação e até‌ mesmo‍ à​ morte. Embora exista uma vacina disponível ‍para prevenir a infecção, o​ rotavírus ainda representa um problema para a saúde pública, principalmente em áreas com​ acesso limitado‍ à⁢ vacinação. É importante promover a conscientização sobre a importância da ​vacinação infantil para reduzir​ o impacto‌ do rotavírus na saúde pública.

5.‌ Infecção pelo vírus do Zika:​ O vírus Zika ganhou destaque global durante o surto ocorrido em 2015 e 2016. A infecção pelo⁤ Zika pode estar associada‍ a ⁢complicações neurológicas, como a microcefalia em bebês⁢ nascidos de mães infectadas durante a gravidez. ⁣Embora o surto tenha diminuído, a infecção pelo‍ Zika ainda é uma⁣ preocupação para a saúde pública, especialmente em áreas‌ onde o mosquito Aedes aegypti, transmissor do vírus, está​ presente. A⁣ prevenção⁤ da picada ‍de​ mosquito e o controle do vetor são cruciais para evitar a propagação do vírus‌ e proteger a saúde pública.

Embora muitas vezes focamos nas⁢ doenças virais mais ‌conhecidas, como a​ gripe, ‌é importante que a⁤ sociedade esteja ciente do impacto de‍ outras ‌doenças virais na saúde pública. Essas doenças‌ têm potencial para causar sérios problemas de saúde e sobrecarregar os‍ sistemas de ‍saúde, por isso é fundamental a adoção​ de medidas preventivas, ⁤como vacinação, controle de vetores​ e boas⁤ práticas de higiene. ⁢Ao entender melhor essas doenças, ⁣podemos‍ trabalhar juntos para proteger a ⁤saúde pública e garantir ​o bem-estar ⁢de todos.

Recomendações‌ para lidar com ⁤outras ​doenças virais durante a pandemia

As outras doenças virais são aquelas causadas por diferentes tipos de⁢ vírus que podem‌ afetar a saúde⁤ de indivíduos em ⁣qualquer época‌ do ano, ​incluindo⁢ durante a pandemia. ‍Embora seja compreensível que⁤ o foco principal esteja na ‌COVID-19, ⁤é importante ‍estar ‍ciente e ‍tomar⁤ medidas preventivas para outras doenças virais também.

Aqui⁣ estão algumas recomendações essenciais para lidar com outras doenças virais durante a pandemia:

  • Mantenha-se atualizado com as ⁣vacinas: Verifique se você está em dia com as vacinas‌ recomendadas para cada doença viral, como a influenza, hepatite, sarampo e caxumba. As vacinas podem ajudar a prevenir a disseminação dessas doenças ‌e⁤ reduzir ‌os riscos de complicações.
  • Pratique uma boa higiene pessoal: Lave as ⁢mãos​ com frequência com água ⁣e sabão⁣ por pelo menos 20 segundos,‌ especialmente após entrar ⁢em contato com superfícies compartilhadas.⁤ Use também desinfetante para ⁣as ‍mãos à base de álcool quando⁣ a lavagem não for possível. Evite tocar no‌ rosto e cubra ⁢a boca⁣ e‍ o nariz ao tossir ⁤ou espirrar, preferencialmente com⁣ a dobra do cotovelo.
  • Mantenha o distanciamento‌ social: ⁢Evite o ⁢contato próximo com pessoas⁣ doentes, ​mesmo ⁤que ‌não apresentem sintomas relacionados​ à COVID-19.⁣ Lembre-se⁣ de que outras doenças⁢ virais também podem ser transmitidas⁣ através do‌ contato pessoal.
  • Fortaleça⁤ o sistema ⁤imunológico: Mantenha⁢ um estilo de vida⁣ saudável através de ‍uma alimentação ​equilibrada, exercícios‍ regulares, descanso adequado e redução do estresse. Um sistema imunológico forte ⁣pode ajudar a⁢ combater diferentes tipos de doenças virais.
  • Busque atendimento médico quando necessário: Caso ⁣esteja com sintomas de uma doença⁣ viral,‍ entre em contato com um profissional de saúde para receber orientações adequadas.‍ Evite a automedicação e siga as ⁤indicações médicas para um tratamento adequado.

Lidar com outras doenças virais durante‍ a pandemia pode parecer desafiador, ​mas seguindo essas⁤ recomendações, você estará tomando ⁤medidas preventivas importantes para proteger sua saúde e a saúde dos outros. Lembre-se de que a prevenção é essencial em todas as circunstâncias, independente do contexto pandêmico. ​Cuide-se!

Perguntas e Respostas

Q: O que são outras ⁣doenças virais?
R: Outras doenças virais ⁤são enfermidades causadas por⁤ vírus⁢ distintos ⁢daqueles que são ⁤amplamente⁣ conhecidos‌ pela população, como o influenza, dengue e‍ HIV, por exemplo. Essas doenças‍ podem‌ ter⁣ origens diversas ⁤e ‌afetar diferentes sistemas⁤ do corpo humano.

Q: Quais⁣ são ​algumas das outras doenças virais mais⁣ comuns?
R:⁤ Dentre as ‌outras doenças virais mais comuns, podemos mencionar‌ a hepatite B, hepatite C, febre amarela, febre do Nilo Ocidental, encefalite viral,⁤ herpes,‌ varicela-zóster, entre outras.

Q:⁢ Quais são os⁣ sintomas das outras doenças‌ virais?
R:​ Os sintomas das outras doenças ⁢virais podem‍ variar ‍de acordo com o vírus envolvido e a área do corpo afetada. Alguns dos‍ sintomas comuns incluem febre, fadiga, dores⁤ musculares, erupções ‍cutâneas,‍ icterícia,⁣ dores de cabeça, enjoos, vômitos,‌ diarreia, entre outros.

Q: ​Como são transmitidas as ⁢outras doenças virais?
R: As ​outras doenças virais‌ podem ser transmitidas de diversas maneiras, dependendo⁣ do vírus em ⁤questão. Alguns vírus podem ser transmitidos através do ⁣contato com fluidos corporais infectados, como sangue, saliva,‍ sêmen ou ⁢secreções respiratórias. Outros são transmitidos por vetores, ⁢como mosquitos ou​ carrapatos.⁣ Além disso, algumas⁤ doenças virais podem ser adquiridas por contato com‍ superfícies contaminadas ou ⁣pelo ​consumo de ​alimentos ou água contaminados.

Q: É possível prevenir ​as outras doenças virais?
R: Sim, em muitos casos é possível prevenir as outras ⁣doenças virais através de ⁢medidas simples, como a vacinação adequada, ⁢a adoção de práticas de higiene, como lavar as mãos​ regularmente, e⁢ o cuidado ao viajar para‌ áreas endêmicas. É ⁣importante seguir as orientações de profissionais ⁤de saúde e tomar precauções adequadas para ⁢evitar a transmissão​ dessas doenças.

Q: Como é feito o ⁢diagnóstico das outras doenças virais?
R: O‍ diagnóstico das outras doenças virais geralmente é⁤ realizado através de análise⁤ clínica dos ‌sintomas apresentados pelo paciente, ​associada a exames laboratoriais ⁣específicos ⁣para identificar o vírus⁢ envolvido. Dependendo ‍do caso, ⁢pode ser necessário​ realizar‌ testes sorológicos, exames de imagem ou​ culturas de tecidos para confirmar⁢ o diagnóstico.

Q: Qual é o tratamento⁢ para ‌as outras doenças virais?
R: O tratamento para as outras doenças virais varia ‍de⁤ acordo⁤ com a enfermidade e ⁢a gravidade dos sintomas apresentados. Em alguns casos, é ⁤possível ⁣que‌ não ​haja um tratamento ⁣específico, sendo indicado apenas o alívio ‍dos sintomas através de medicamentos analgésicos e​ antipiréticos. Em ⁣outros casos,‌ podem ser utilizados medicamentos antivirais específicos ou terapias⁢ direcionadas para combater⁢ o vírus em questão. O tratamento deve ser⁢ sempre indicado por um profissional de saúde qualificado.

Q: É possível se recuperar completamente das outras doenças virais?
R: A recuperação das outras doenças⁤ virais geralmente depende ‌da enfermidade em questão e da‍ resposta do‍ sistema imunológico do ‍paciente.​ Algumas doenças virais podem ser mais leves e o ​paciente se recupera completamente sem​ complicações, enquanto outras podem causar danos mais graves à saúde ⁢e deixar sequelas. O acompanhamento médico adequado e o cumprimento das orientações ​terapêuticas‍ são fundamentais para uma recuperação ‌completa ​e ⁢minimização de eventuais complicações.

Para finalizar

Em suma, outras doenças virais ⁣compreendem uma⁢ ampla variedade⁣ de condições que​ afetam o funcionamento do corpo⁢ humano. Embora sejam menos comumente discutidas em comparação com doenças⁢ virais amplamente ‍conhecidas, como a gripe ​ou ‍o⁣ HIV, essas enfermidades são igualmente importantes de serem compreendidas. Desde infecções⁤ respiratórias, como ‍o vírus sincicial ⁤respiratório, até ⁢doenças transmitidas por vetores,⁤ como o ​chikungunya, é crucial‍ estar‌ atento aos diferentes fatores de risco, sintomas e formas de prevenção associados a essas doenças. Dessa forma, ​ao adquirir conhecimento ⁣sobre‍ outras ​doenças virais, estaremos mais bem preparados ⁣para tomar medidas ​de precaução,​ tratar‌ e responder a‍ essas condições, o que é fundamental para proteger a saúde pública e o⁢ bem-estar geral da sociedade.

Artigos relacionados

O que é CID A80? Sintomas e tratamento médico

Redação Memória Viva

O que é CID A39? Sintomas e tratamento médico

Redação Memória Viva

O que é CID A16? Sintomas e tratamento médico

Redação Memória Viva

Deixe um comentário